quinta-feira, 20 de maio de 2010

Delícias

Vicência Cheib
Hoje eu estava conversando com um amigo sobre a dificuldade de deixar de comer alimentos que achamos muito gostosos. Ele está acima do peso e dizia do prazer que sente quando saboreia um delicioso salaminho com cerveja e de quanto seria difícil viver sem esta sensação. Dizia ainda que isto dá graça e sabor à vida. Fiquei sem resposta diante de um argumento tão forte! Uma vida sem graça e sem sabor me parece a pior de todas as perspectivas!
Saí deste encontro tentando achar palavras para derrubar a teoria do meu amigo. Então comecei a pensar em quais são as coisas que considero prazerosas e que acho que dão sabor e graça à vida além dos tão apreciados chocolates, bombons, tortas, frituras, bebidas alcoólicas e afins.
Fui surpreendida por uma avalanche de delícias que me ponho a listar aqui.
Banho de mar, banho de sol, banho de chuva e de chuveiro; pés para cima, pés descalços, escalda-pés, massagem nos pés; beijo na boca, na nuca, no sovaco, atrás do joelho, na sola do pé; pôr do sol, nascer do sol, dia nublado; livro velho já lido, livro novo por ler; cheiro de mato, cheiro de café, cheiro de neném; piada, gargalhada, sorriso; abraço de mãe, abraço de pai, abraço; alegria de cachorro quando você chega em casa; dizer eu te amo, ouvir eu te amo, amar; receber um favor, fazer um favor, pedir por favor.
Também pensei em delícias alimentares.
Café na cama, café com amigos, café da tarde; mingau de maisena, de fubá e de aveia; banana assada, amassada e com mel; comida de mãe, comida de infância, comida de domingo; sopa de legumes em dia de frio, canjica em festa junina, peru no natal; brigadeiro, olho de sogra e cajuzinho no seu aniversário.
Há quanto tempo você não desfruta destes prazeres?
Se você consegue viver sem, ou com muito pouco de tudo isto, e não está achando a vida sem graça e sem sabor, será que um salaminho e uma cerveja vão fazer tanta falta assim?
Será que você não está supervalorizando seus hábitos alimentares inadequados em detrimento de outras delícias da vida?
Fiquei com vontade de fazer estas perguntas ao meu amigo, mas ele já tinha ido embora..

Um comentário:

Milla Pereira disse...

Vic, retomando meu Blog, passei para ver as novidades e saber noticias do pessoal todo. Beijos, Tia